Vai viajar? Lembre-se de manter a vacinação em dia

Para que você tenha uma ótima viagem, seja qual for o seu destino, e leve de volta
para casa apenas boas recordações o site Aline, quero viajar! preparou uma matéria
com informações que irão ajudar a proteger a sua saúde e tornar suas viagens mais
agradáveis e tranquilas.
Manter a caderneta de vacinação atualizada é fundamental para ter uma viagem
saudável. Pelo menos 10 dias antes da viagem, o turista deve atualizar a vacinação de
acordo com as orientações do Calendário Nacional de Vacinação. A Agência Nacional
de Vigilância Sanitária (ANVISA), recomenda que o viajante não se esqueça de tomar
as vacinas para Hepatites A e B, Tétano e Difteria, e a Tríplice Viral. Para proteger
contra possíveis doenças, como: Sarampo, Caxumba e Rubéola.
Uma das doenças de maior risco de transmissão no verão, e que é totalmente
prevenível com a vacina, é a febre amarela. Desde 2017, com o registro da doença em
áreas com grande contingente populacional, a vacina é recomendada não só para
quem vai a áreas consideradas endêmicas, como a região amazônica. A vacina contra
a febre amarela é ofertada gratuitamente no Calendário Nacional de Vacinação.
Brasileiros que irão viajar para outro País
Para viagens internacionais, o Ministério da Saúde do Brasil orienta que o viajante
esteja com a sua situação vacinal atualizada, conforme as orientações do Calendário
Nacional de Vacinação.
Dessa forma, recomenda-se que o viajante procure os serviços públicos de vacinação
portando um documento de identificação e o cartão de vacinação, se disponível, para
avaliação e atualização, quando necessário.
O viajante deve incluir o cartão de vacinação entre os documentos da viagem, pois,
conforme as normas do Programa Nacional de Imunizações, este é o documento que
comprova, em território nacional, a vacinação. No entanto, para viagens internacionais
é importante dispor também do Certificado Internacional de Vacinação e Profilaxia
(CIVP), quando exigido para entrada no país de destino ou no qual ocorra escala de
voos.
Alguns países exigem a comprovação da vacina febre amarela para a entrada de
estrangeiros em seu território, por meio da apresentação do CIVP.
Como fazer o Certificado Internacional de Vacinação
O Certificado Internacional de Vacinação ou Profilaxia (CIVP) deve ser retirado pelo
site da Anvisa. Veja o passo a passo:
 Preencha o formulário de viajante no site da Anvisa;
 Escolha um dos Centros de Orientação para a Saúde do Viajante, e leve com
você sua carteirinha de vacinação comum;
 Você irá receber o seu certificado, mas não se esqueça de guardar seu
documento, caso você esteja viajando para um dos países que exigem a
certificação, ele será solicitado na hora do check in.

A lista de países que apresentam risco de transmissão para febre amarela e de
países que exigem o comprovante de vacinação para entrada em seu território
deve ser consultada no endereço eletrônico da  Anvisa  ou da Organização
Mundial da Saúde (OMS).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Posts Relacionados

Comece a digitar sua pesquisa acima e pressione Enter para pesquisar. Pressione ESC para cancelar.